quinta-feira, outubro 19, 2017

A Derrocada Da Geringonça

António Costa já não tem a Ministra da Administração Interna para usar como escudo protector. PCP e Bloco de Esquerda já não têm Passos Coelho para se desculpar do seu suporte no apoio ao governo. E é cada vez mais evidente que as políticas de Bruxelas estão a arruinar as funções sociais do Estado Português. As manigâncias políticas de Costa, esse homo habilis da táctica e da estratégia política de conveniência, já não chega para fazer face à maldita "realidade". A sorte da geringonça ainda reside na derrocada da Europa que põe o centro do poder austeritário com medo da própria sombra.

segunda-feira, outubro 16, 2017

Quando O Estado Nos Abandona

Este governo inaugurou uma nova versão da História e do Estado. Já não há responsabilidades políticas de Estado quando o Estado não assegura as suas funções essenciais em matéria de segurança e protecção dos cidadãos. No limite já nem é preciso Estado, pois os cidadãos abandonados devem-se proteger cada um por si. E a responsabilidade pela tragédia dos fogos que se abateu sobre o país é obviamente de todos. Porque a responsabilidade quando é de todos, não é evidentemente de ninguém.

sexta-feira, outubro 13, 2017

Prioridades Públicas Na Educação Em Loulé, J'Accuse!

Há rios de dinheiro para contratar resmas de seguranças privados para o Carnaval de Loulé e para a Noite Branca e para outra qualquer festança da pequena burguesia citadina mas não há dinheiro para contratar vigilantes e auxiliares de acção educativa numa escola TEIP, que está a colocar a vida do meu filho em risco e em que a sua integridade física e moral está posta em causa. Não há que hesitar em apontar o dedo à direcção da escola que não exige a contratação de pessoal para assegurar a segurança no espaço escolar e ao Senhor Presidente da Câmara Municipal de Loulé que é obviamente o responsável máximo por esta situação. Ter conhecimento de um espaço escolar entregue a si próprio em que são os alunos mais fortes e que contrariam as normas escolares que fazem as regras nos espaços abandonados da organização e não agir, é um crime político. Depois podem culpabilizar as vítimas como último recurso para se defenderem do julgamento da sua inacção, podem até patologizar o comportamento dos pais que não se conformam com esta criminosa situação mas não se livrarão de serem julgados pelos tribunais da História. Vergonhoso e humilhante.

quinta-feira, outubro 12, 2017

Medo e Terror

Medo e terror é o que se está a passar no Agrupamento de Escolas Padre João Cabanita em Loulé. Espero que não aconteça nada de grave ao meu filho na escola. Se acontecer, os responsáveis que deixaram a situação chegar a este ponto têm que ser punidos. Toda a gente deveria ter o direito de frequentar a escola pública em segurança.

Aviso De Manifestação, Basta De Tanto Desrespeito

Exmo Senhor Presidente da Câmara Municipal de Loulé,
 
Na sequência de múltiplos episódios de violência sobre o meu filho, com sequelas físicas, psicológicas e morais inaceitáveis e face à insuficiente intervenção da escola e da Divisão de Educação da autarquia que vossa excelência é suposto gerir, informo que estarei na próxima Segunda-Feira, dia 16/10/2017, pelas 08 horas da manhã, em manifestação à porta do Agrupamento Padre João Cabanita, para mostrar o meu desagrado com os maus tratos exercidos sobre o meu filho e a recolher assinaturas para uma petição contra a violência escolar.
Os melhores cumprimentos
João Eduardo Martins

Sócrates, A Matilha Socialista E O Assalto Ao Topo Do Aparelho De Estado

"É um dado surpreendente que reforça a importância histórica da acusação da Operação Marquês: José Sócrates terá sido corrompido desde o primeiro momento em que entrou em São Bento como chefe do Governo."
 

quarta-feira, outubro 11, 2017

Petição Contra A Violência Escolar No Agrupamento De Escolas Padre João Cabanita

Exmo Senhor Presidente Da Câmara Municipal de Loulé,

Na sequência de vários episódios de violência em meio escolar no Agrupamento de Escolas Padre João Coelho Cabanita, que violam brutalmente a integridade física, psicológica e moral dos alunos vitimas de agressão na escola, o grupo de cidadãos da cidade de Loulé abaixo assinados, vem por este meio solicitar a sua intervenção junto da Direcção do Agrupamento Escolar para implementar uma política de combate à violência escolar. Tendo em conta a inércia da Direcção da Escola face às queixas dos encarregados de educação e tendo em conta a inacção da Divisão de Educação da Câmara Municipal de Loulé que insiste em descurar a vigilância e a dinamização preventivas dos espaços intersticiais e de recreio da escola, vimos por este meio solicitar a intervenção da Câmara Municipal a que vossa excelência preside.

http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT87002

terça-feira, outubro 10, 2017

Para Conhecimento Público

Exma Senhora Professora Dulce Rodrigues,
Directora de Turma do 7º F
 
Venho por este meio informá-la que o meu educando Pedro Eduardo Frederico Martins foi novamente agredido (ficou com a marca dos dedos do agressor na cara) no interior da escola, esta Terça-Feira, dia 10/10/2017, por um aluno de seu nome, João Junior. Um grupo de alunos estava a competir entre si a ver quem é que agredia o maior numero de vítimas.
Na Segunda-Feira, dia 09 de Outubro de 2017, tive que ir com o Pedro a uma consulta médica especializada que me custou 105 euros na sequência da agressão por outro aluno, no primeiro dia de aulas, que lhe torceu o pulso.
Neste momento, a selva escolar que constitui o agrupamento de escolas Padre João Coelho Cabanita está a colocar em causa a integridade física, psicológica e o bem estar do meu filho e face à negligência da direcção da escola, da divisão de Educação da Câmara Municipal de Loulé, que não cuidam do problema da violência escolar neste agrupamento (não vão mesmo contratar pessoal para vigiar e animar os espaços de recreio da escola?) já nem sabemos a quem recorrer para travar este historial de violência.
Numa organização onde impera a selva e o salve-se quem puder não me responsabilizo neste momento pelas reacções que o meu filho Pedro possa ter em situações de agressão futura e eu próprio vou começar a treinar boxe cá por casa pois nunca se sabe a que ponto estas condutas podem chegar. A direcção da escola e as instituições concelhias responsáveis não ouvem, não escutam e aparentemente não querem saber. O que vou eu como encarregado de educação fazer na próxima vez que agredirem o Pedro?

Com os melhores cumprimentos
João Eduardo Martins

PS: Agradeço que a Professora Dulce Rodrigues reenvie esta mensagem para o director do Agrupamento.

A Selva Escolar

Já não há pachorra. O cenário é o agrupamento de escolas Padre João Cabanita. Paguei ontem mais de cem euros num especialista privado porque o Pedro foi agredido no primeiro dia de aulas e as dores no pulso e no braço não passam. Hoje foi agredido outra vez, por um tal de João Junior, que parece que é tão bom a jogar à bola como a agredir os colegas na escola. Em todos os anos escolares o Pedro tem sido agredido dentro da própria escola. Estou farto de transmitir no GIS e à direcção da escola que é necessário contratar vigilantes para animar os espaços e prevenir as situações de violência. O responsável pela educação da CML também estará concerteza ao corrente desta necessidade, enquanto que, provavelmente, o senhor Presidente da CML deve estar ainda de ressaca da vitória eleitoral pelo que ainda não terá tido tempo de cuidar dos problemas das escolas do Concelho (um problema menor certamente). Entretanto, a ser agredido mais alguma vez o Pedro, nada mais me resta do que fazer queixa na Direcção Geral dos Estabelecimentos Escolares da negligência da organização escolar. Os responsáveis pelas instituições não ouvem, não escutam e não querem saber. E escudam-se sempre no argumento do "não há dinheiro" para fazer sempre mais com cada vez menos recursos. Até um dia, em que as coisas correm mal a sério e a gente perde a paciência.

segunda-feira, outubro 09, 2017

Máquinas De Ostracização Social

É isto. E para além dos partidos políticos terem colonizado toda a vida pública (no pior dos sentidos) ainda se dão ao luxo de ostracizar quem nela participa fora da vida partidária ou fora da alçada do consentimento partidário. É muito óbvio que eu não volto tão cedo às urnas. É que não estou para legitimar as máquinas de ostracização social em que se transformaram estas seitas clubísticas sem qualquer sentido de serviço público que se movem estritamente pela conquista do poder.
 

domingo, outubro 08, 2017

Uma Geringonça É Isso Mesmo, Uma Geringonça

Há quem deseje ver-se livres deles há muito tempo. Mas não é para já. É na altura certa. O outro que em tempos defendia "a união das esquerdas" tem razão "se correr o bicho pega se ficar o bicho come". Uma chatice a Quadratura do Círculo. Nada que eu não tivesse adivinhado desde o início. Os do Bloco de Esquerda, esses, estão lá no alto, calados a observar como os abutres. Sem o PCP não teremos a oportunidade de sermos nós, Bloco, governo com o PS? Que se lixe isso de Bruxelas e do Tratado Orçamental. A vida é bela e há que aproveitá-la.

A ler aqui: https://causa-nossa.blogspot.pt/2017/10/geringonca-5-demasiado-cedo-para-lhe.html

sábado, outubro 07, 2017

As Portagens Na Via Do Infante E A Falta De Ética Dos Partidos Que Se Dizem De Esquerda

Haja esperança. Agora que o Orçamento de Estado está em negociação é mais que provável que o PCP, o Bloco de Esquerda e o PS decidam juntos pela abolição das portagens da Via do Infante. É que estes três partidos não são iguais aos outros e as portagens da Via do Infante são um roubo. Lembram-se?

Fazer Greve À Greve

É extraordinário que o PCP e os sindicatos a si afectos tenham andado com este governo ao colo a engolir sapos atrás de sapos (o que se está a passar na CGD é uma vergonha) e que depois da derrocada das eleições autárquicas convoquem de imediato os trabalhadores da função pública para a greve. Eu neste dia (27 de Outubro) irei trabalhar com muito gosto. Não faço greves ao sabor dos interesses do Partido Comunista.

Resposta Ao Senhor Presidente Do Conselho de Administração Da ENMC

Exmo Senhor Presidente do Conselho de Administração da ENMC,
 
Em resposta à sua carta datada de 2 de Outubro de 2017, respeitante às solicitações do Movimento Algarve Livre de Petróleo (MALP) e do Stop Petróleo Vila do Bispo sobre a prospeção e exploração de petróleo no Algarve, na Costa Vicentina, informo que estes dois movimentos são grupos informais de cidadãos que não têm existência jurídica e que ao contrário do que afirma na carta, eu João Eduardo Rodrigues Martins, não represento o STOP Petróleo Vila do Bispo, mas que enquanto membro do MALP fui mandatado pelos membros do STOP Petróleo Vila do Bispo para lhe colocar os esclarecimentos que lhe enviámos e que ainda não obtivemos resposta. Mais informamos que o MALP vai solicitar uma audiência ao senhor Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, para tentar que um alto representante do Estado nos dê uma informação verídica e credível sobre este assunto. Voltaremos também a indagar a ENMC com as mesmas questões, agora em nome de cidadãos individuais da República portuguesa com existência jurídica e bilhete de identidade.
Com os melhores cumprimentos
João Eduardo Martins

sexta-feira, outubro 06, 2017

A Exploração De Petróleo No Algarve, A Falta De Respeito Da Geringonça Pelos Cidadãos Atingiu Contornos Inimagináveis

No mesmo dia em que o Correio da Manhã divulgou que o governo não estendeu o prazo de autorização para prospecção e exploração de petróleo em Aljezur, sem se perceber a fonte oficial de onde parte a notícia e sem haver notícia da informação oficial dessa não autorização do governo, recebi uma carta do Presidente do Conselho de Administração da ENMC, Filipe Meirinho, que em vez de informar os cidadãos do que pretende o governo fazer e em que ponto se encontra a situação da prospeção de petróleo na Costa Vicentina, me pede "documentação que comprove a constituição e validade jurídica" do Movimento Algarve Livre de Petróleo (MALP) e do Stop Petróleo Vila do Bispo assim como "os poderes de representação" dos referidos movimentos. Como o MALP é um movimento informal de cidadãos que não tem existência jurídica é óbvio que a solicitação do senhor presidente de administração da ENMC não faz sentido. O que não nos impede, desde já, de tomarmos a iniciativa de pedir uma audiência ao senhor Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, para sermos esclarecidos sobre o que se está a passar com o furo de Aljezur e de enquanto cidadãos individuais com existência jurídica voltar a solicitar à ENMC que esclareça os cidadãos portugueses sobre a exploração de petróleo na Costa Vicentina.

quinta-feira, outubro 05, 2017

As Teorias Do Jerónimo

Ainda a derrota do PCP no rescaldo das eleições autárquicas. Primeira explicação de Jerónimo para a hecatombe da noite eleitoral: - Teoria da alienação das massas. Não deixa de ter piada Jerónimo ter invocado uma explicação tipicamente Marxista. A massa trabalhadora está alienada e não sabe o que é melhor para si. Segunda explicação de Jerónimo uns poucos dias depois: - A teoria da caça às bruxas. O Bloco e outros queridos inimigos "hostilizaram" o PCP. Não lhe ocorre nem por um minuto que ter enterrado o comunismo com o suporte a um governo que obedece acriticamente ao capital possa ter a ver alguma coisa com isto. Siga a marinha que Jerónimo já decidiu na fuga para a frente. O próximo passo é mostrar aos trabalhadores alienados que estão enganados e que a recuperação económica se deve ao PCP. Fazer isso como? A suportar o governo até ao fim da legislatura. A política da quadratura do círculo é um divertimento e uma piada.

Caça Às Bruxas, Diz O Jerónimo

É lá, quem serão esses malvados que andam a perseguir o PCP? E eu que pensava que a derrota eleitoral resultava do apoio às políticas do grande capital, via apoio ao PS que segue religiosamente as políticas macroeconómicas de Bruxelas.
 

A Geringonça A Humilhar Os Professores No 5 De Outubro

É uma tristeza ver um grupo de professores abandonados pelos sindicatos, em protesto no dia 5 de Outubro, a serem humilhados pelo Senhor Primeiro-Ministro, António Costa, pelo senhor Ministro da Educação, Brandão Rodrigues, e pela Senhora Secretária de Estado da Educação, uma tal de Leitão, que percebendo a desigual relação de forças aproveitam para espezinhar a sua dignidade. É a salvação do Estado Social pela geringonça.
 

Jogar À Bola Com A Cabeça

Sempre admirei os desportistas que demonstram ter uma concepção da vida social e pública para além do mero pontapé na bola. O célebre médio brasileiro Sócrates é talvez o expoente máximo da conjugação entre futebol e defesa da democracia. Aqui deixo as minhas palavras de solidariedade com Piqué. E também a mensagem de que não fique excessivamente preocupado com a ostracização dos adeptos de Madrid e da selecção espanhola. É que aposto que o Barcelona dá de três para cima à selecção espanhola sem os jogadores da Catalunha.
 

Utilizar A Política Para Ostracizar Os Cidadãos, Uma Nova e Antiga Prática Social

Depois de ter sido ostracizado por boa parte dos militantes do Bloco de Esquerda no Algarve eis que os militantes do PAN começam a fazer a mesma coisa. Só me resta uma coisa, saneá-los do meu facebook. Um tal de Paulo Batista do PAN (não o conheço de lado nenhum) reagiu mal às minhas perguntas sobre a exploração de petróleo em Aljezur e convocou a minha suposta "má educação" para a discussão no facebook. Como estou farto de ataques de caráter pessoal como resposta a questões do foro político, parece-me de bom tom, sanear estas gentes do PAN aqui do meu quintal virtual. Assim ficam a saber que para além de não ir votar nem sequer os quero por perto na minha vida. E não, não perdi a minha legitimidade para fazer crítica política e intervir no espaço público. Era só o que faltava.

quarta-feira, outubro 04, 2017

MALP Interpela Os Verdes Sobre A Exploração De Petróleo Na Costa Vicentina

Exma Senhora Deputada Heloísa Apolónia,
Tendo contactado o seu colega de bancada (conforme pode ler em baixo) e de partido e não tendo obtido qualquer resposta, venho por este meio contactá-la e solicitar esclarecimentos sobre a situação da prospecção e exploração de petróleo na Costa Vicentina, ao largo de Aljezur. Na esperança de ter melhor sorte fico à espera da vossa melhor resposta
João Eduardo Martins

Exmo Senhor Deputado do Partido Ecologista "Os Verdes",
José Luís Ferreira
Tendo em conta a autorização da prospecção de petróleo em Aljezur em Janeiro de 2017 pelo governo do Dr. António Costa, governo que o partido do senhor deputado apoia e suporta, e tendo em conta que o PEV se diz contra a exploração de petróleo na costa do Algarve e do Alentejo, venho por este meio indagá-lo sobre que medidas concretas no parlamento vai o PEV levar a cabo para travar este crime político de enormes consequências ambientais e sociais, uma vez que o consórcio GALP/ENI anunciou o furo de Aljezur já para o primeiro semestre de 2018.
Agradeço desde já a sua atenção
P'lo Movimento Algarve Livre de Petróleo
João Eduardo Martins

segunda-feira, outubro 02, 2017

Uma Esquerda Amputada

Ainda o rescaldo das eleições autárquicas no seu efeito sobre a geringonça. Continuar a engolir sapos atrás de sapos como até aqui num colaboracionismo rasteiro e acrítico vai provocar uma hecatombe no PCP e no Bloco de Esquerda. Romper com a Geringonça vai dar num resultado parecido. O PCP e o BE meteram-se num beco sem saída e são já os principais responsáveis pelo restabelecimento das políticas de Bruxelas e pela entrega da luta popular no tempo da Troika nas mãos do PS. O pior é que a Troika de facto não se foi embora (basta ver o que se passa na Grécia) e quando precisarem de suporte para fazer a luta, o Zé Povinho é possível que convoque o manguito. Depois não se esqueçam, façam como o Jerónimo, culpem a população trabalhadora porque obviamente não sabe o que é bom para ela.

MALP Congratula-se Com Perca De Mandato De Deputado Do PCP Em Loulé

O Movimento Algarve Livre de Petróleo (MALP) congratula-se com a perda do mandato de deputado na Assembleia Municipal de Loulé do Partido Comunista Português (PCP). O MALP recorda que este partido não se posicionou contra a exploração de petróleo no Algarve quando uma moção respeitante a este tema foi discutida e aprovada. Justo, portanto.

Leitura Nacional Das Autárquicas

Ponto de vista sobre as eleições autárquicas a partir de uma possível leitura nacional. Perto de 43% de abstencionistas. A abstenção caiu em relação às últimas eleições autárquicas mas continua elevadíssima. O PS ganhou claramente as eleições assim como a derrota do CDS é uma enorme vitória. O PSD teve uma derrota estrondosa e entrou em processo de Pasokização. Passos Coelho não se demitiu mas ficou sem condições para conduzir o partido a uma nova vitória. Vamos ver quanto tempo mais resiste. O PCP sofreu uma enorme derrota (perde uma dezena de Câmaras Municipais) e coloca-se agora a questão se isso não resulta do seu apoio quase incondicional ao Governo da Geringonça. O Bloco de Esquerda continua com uma expressão quase irrelevante nas autárquicas e vai tentar potenciar mediaticamente a conquista de um vereador em Lisboa. Dos independentes, destaque para a nova vitória de Rui Moreira no Porto e a vitória de Isaltino Morais em Oeiras que revela que a corrupção política em Portugal continua a não ser uma condição impeditiva de eleger os autarcas. Em maus lençóis fica o PSD e em cima da linha vermelha o PCP. Segue-se a aprovação do Orçamento de Estado. Pelo Parlamento nacional e por Bruxelas.

domingo, outubro 01, 2017

Abstenção Ganha No Concelho de Loulé

Em Loulé para além de mais de 50% dos eleitores optarem pela abstenção, os votos nulos e brancos somados, têm mais expressão eleitoral que a votação no Bloco de Esquerda e no Partido Comunista. O PCP perdeu o seu representante na Assembleia Municipal. Fico com pena do BE não ter perdido também o seu. Talvez assim os candidatos Carlos Martins, Tiago Grosso e afins se preocupassem mais com a discussão da coisa pública e menos em ostracizar os cidadãos da cidade. Fica para a próxima.

Bom Domingo!


Por Amor À Terra Numa Terra Que Maltrata Os Seus? Bolas, Imperdoável Era Lá Ir

Por amor à terra? Ora bolas. É duro viver nesta terra. Depois de uma década de políticas de maus tratos, era só o que faltava. Carpe Diem.
 

sábado, setembro 30, 2017

Lógicas De Exclusão Numa Escola Punitiva

Esta semana passei-me numa reunião de pais na escola. Se quiserem "saltou-me a tampa" ou dito de outra maneira "perdi as estribeiras", o que no mundo que actualmente corre não é muito difícil. A coisa passou-se no seguimento da directora de turma do Pedro ter anunciado a ordem escolar emanada superiormente de que os alunos que tinham perdido a chave dos cacifos da escola ficariam sem o cacifo. Isto passa-se num agrupamento TEIP (Território Educativo de Intervenção Prioritária). É o conceito de integração que defende a escola. Quem decide destas coisas é provavelmente um ser humano perfeito. Nunca perdeu coisa nenhuma, sempre cumpriu todas as suas obrigações, atingiu o máximo de virtudes públicas e tem a distinção máxima nas virtudes privadas. E a consequência lógica disso é exigi-lo a todas as crianças dos 10 aos 15 anos de idade que habitam o lado de dentro dos muros da escola. Quem não cabe nesta definição de perfeição tem os dias contados. Que a escola não cumpra as suas obrigações, como contratar pessoal para vigiar e dinamizar os espaços de recreio do megaagrupamento; que o meu filho seja agredido todos os anos e logo também neste primeiro dia de aulas, isso não interessa nada. O estatuto do aluno logo resolve o assunto. Está lá previsto, a contraordenação aos pais mal comportados que não cabem na definição da boa sociedade. A escola multa, portanto os pais (e estes tudo consentem). Estará para breve a descoberta de vida em Marte? É que as coisas estão difíceis na sobrevivência por aqui na Terra.

Para Além Da Geringonça E Da Espuma Dos Dias

"A questão mais complexa é, então, porque é que a esquerda democrática é mais castigada que a direita? No início dos anos 2000 os partidos “socialistas” (as aspas são porque o verdadeiro socialismo é outra coisa) e sociais democratas eram governo em 10 dos 15 países da UE. Hoje restam cinco em 28, e faltam as eleições na Áustria e na Hungria, já em outubro, onde a probabilidade de ganharem é quase nula. Pior, vários partidos da esquerda democrática praticamente sucumbiram nas últimas eleições. É o caso do PSOE (Espanha), do PASOK (Grécia), do PS (França), do PvdA (Holanda) e do SDPL (Polónia). Como em todos os processos complexos, as razões são múltiplas. Seguem-se as quatro que me parecem fundamentais." (a ler)
 

sexta-feira, setembro 29, 2017

Em Modo Greve Eleitoral

Este Domingo, dia 1 de Outubro, não vou escolher porque não me sinto representado em nenhum dos partidos e candidatos. Depois de uma década a ser maltratado, roubado, humilhado, desconsiderado, violentado na minha dignidade pelo poder político, chegou a minha hora de lhes fazer o tradicional "toma lá" do célebre Zé Povinho. Estou portanto, em abstenção violenta, em ordem a contestar a falta de ética e decência que reina na política.
 

quinta-feira, setembro 28, 2017

Por Favor

Exmo Senhor Director de Campanha do PS Loulé,

Venho por este meio perguntar se lhe dei a minha autorização para utilizar o meu email para objectivos da campanha do PS? Parece que para os senhores vale tudo em política (coisa que o cidadão comum confirma a cada dia que passa). Mas pedia-lhe o favor (se me quiser fazer essa prebenda) de retirar o meu email da lista de propaganda de vossas excelências.
 
Com os melhores cumprimentos
João Eduardo Martins

Exploração De Petróleo Em Aljezur, Governo Continua Em Silêncio, ENMC Esclarece

"A ENMC esclareceu ainda que "o cronograma do plano de trabalhos anual 2017 para a Bacia Alentejo 'offshore', autorizado pela ENMC, previa a existência de uma sondagem no segundo trimestre do corrente ano, entre Março e Abril, com duração de cerca de 60 dias", mas que se trata de "uma etapa que a concessionária não cumpriu". "Não tendo tais operações sido realizadas no prazo indicado, estão legalmente vedados todos e quaisquer trabalhos de sondagem, prospeção e pesquisa de petróleo, ficando tais trabalhos condicionados a novas autorizações, o que não aconteceu até ao momento", assegurou a ENMC."
 

quarta-feira, setembro 27, 2017

Exploração De Petróleo No Algarve, O Governo Da Geringonça Tem Que Prestar Urgentemente Esclarecimentos

A mentira tem perna curta. Afinal parece que há manobras de bastidores para escavacar o Algarve com a exploração de petróleo. Mais uma vez o amor de grande parte dos activistas à Geringonça e à luta contra a exploração de petróleo resultou no adormecimento da luta. Isto não vai lá com a música do Marco Paulo "Eu tenho dois amores que em nada são iguais mas não tenho a certeza de qual eu gosto mais".
 
Ler aqui o comunicado do ALA - Alentejo Litoral Pelo Ambiente
 
COMUNICADO:
Sondagens entre Sines e Aljezur trazem de volta ameaça de furo de petróleo
A deteção de um navio italiano, o Vos Purpose, no início de setembro em operações de sondagens no mar, partindo do Porto de Sines em direção à região do mar de Aljezur, é um sinal de alarme para os movimentos contra a exploração de petróleo e gás a poucos dias das eleições autárquicas.
Nos dias 2 e 9 de setembro, segundo os registos de tráfego marítimo internacional, o navio italiano Vos Purpose esteve a realizar sondagens a partir do Porto de Sines, tendo-se dirigido à zona onde seria realizado o furo de Aljezur.
Esta informação contradiz as notícias do início do mês, nomeadamente no jornal Expresso, que davam conta de que o furo de Aljezur tinha caducado, com declarações do Secretário de Estado da Energia, Jorge Sanches, que estão agora claramente em causa.
A opacidade em relação a estas operações marítimas é total, já que não existe qualquer registo, pedido ou autorização para estas sondagens, apenas verificáveis através dos registos de tráfego marítimo internacional. Acresce que estão ativas três providências cautelares - da Associação de Municípios do Algarve, da Câmara Municipal de Odemira e da Plataforma Algarve Livre de Petróleo - o que leva ainda a mais questões acerca da legalidade das atividades do Vos Purpose. Entretanto, o navio de perfuração Saipem 12000, contratado pela ENI e pela GALP para o furo de Aljezur, saiu de Walvis Bay na Namíbia e desloca-se na direção de Portugal.
O Climáximo e o movimento Alentejo Litoral pelo Ambiente (ALA) exigem um esclarecimento cabal por parte do governo acerca do estado dos contratos e destas sondagens realizadas há poucos dias. A menos de uma semana das eleições autárquicas, a ameaça do petróleo e gás torna-se ainda mais presente no território nacional, e são necessárias respostas urgentes por parte do governo.

segunda-feira, setembro 25, 2017

Abstencionista Por Convicção

No próximo Domingo são as eleições autárquicas na terra onde nasci, em Loulé. Não vou pôr os pés nas urnas de voto. Sou um abstencionista convicto. Em nome da minha memória, são mais que muitas as razões para que eu não vá votar. Roubado brutalmente no salário que resulta do esforço do meu trabalho por PS, PSD e CDS, roubado no subsídio de férias e de natal e afins, a ouvir um discurso de que "viveria acima das minhas possibilidades" que me entrou pela casa dentro todos os dias da semana, a humilhação diária e contínua. O PSD local ao lado deste discurso que destroçou milhões de vidas. Depois veio o PS de Vítor Aleixo e foi de pasmar a rede clientelar que rapidamente se ocupou dos recursos da autarquia. Membros do partido, familiares, amigos, amigos dos amigos, o regabofe foi total. Levanto a hipótese de nunca como neste mandato de Vítor Aleixo o clientelismo se ter instalado com tão rápida velocidade. Depois não esqueço as comemorações do 25 de Abril em Loulé onde uma tal Dália Paulo, representante distrital do PS, me tentou impedir, a mim e à minha família, de entrar no Cine-Teatro Louletano, para assistir às comemorações do Dia da Liberdade, invocando que os que lá estavam dentro já me representavam (a boa sociedade) e que por isso eu não poderia entrar. Entrei, mas entrei porque protestei. Foi um fait-divers disse publicamente o senhor Presidente da Câmara Municipal de Loulé. Como não esqueço o dia que Vítor Aleixo me telefonou para o telefone pessoal para me informar que, em revanche de eu ter protestado de uma decisão de um seu vereador não me receberia na Câmara Municipal numa reunião que eu já tinha agendado e marcado com a sua secretária. Do Bloco de Esquerda guardo como recordação os brutais ataques de carácter vindo de candidatos a estas eleições, como Tiago Grosso, Carlos Martins e do inenarrável líder do Bloco Algarve, João Vasconcelos, que não se coíbem de utilizar as posições partidárias e os cargos políticos que ocupam para ostracizar os cidadãos no espaço público. As tropelias foram muitas e até lhes perdi a conta. Os outros partidos em Loulé são praticamente inexistentes e não me sinto representado em nenhum deles. Depois há ainda os orçamentos nacionais que têm que ter a aprovação de Bruxelas (democracia?), o Tratado Orçamental que mata as políticas públicas e o Estado Social e a paupérrima qualidade dos candidatos locais que fazem campanha a fotografar-se uns aos outros numa espécie de "selfie política". Domingo logo verei o que fazer, entre o futebol, uma ida à praia, ou as leituras dos jornais de fim-de-semana. Alguma coisa se há-de arranjar. Abstenção convicta, em protesto e consciente. E aposto que não serei o único.

Acrescento: Um membro da comitiva do Dr. Vítor Aleixo abordou-me para passar a sua propaganda enquanto eu almoçava tranquilamente em Loulé. Cumprimentei-o, disse-lhe que já não votava e desejei-lhe boa campanha. Perante a sua insistência em querer vender o seu peixe fui obrigado a perguntar se já nem podia almoçar descansado.

Esquerdas? É Virar Ali À Esquina Na Primeira À Direita

Merkel ganhou na Alemanha sem maioria absoluta. A extrema-direita entrou em força no parlamento alemão. Adivinha-se nas próximas eleições alemãs ver boa parte das esquerdas (com aspas) a apelarem ao voto em Merkel para travar o avanço da extrema-direita na Alemanha. MacronMerkel é o que resta às esquerdas (com aspas) que foram colonizadas pelo neoliberalismo sem o saberem. Lá vamos ver outra vez os Rui Tavares e as Marisas Matias deste mundo a apelarem ao voto em Merkel para travar o avanço dos Nazis.
 

Um Nojo De Governo Que Continua A Fazer Sofrer Os Algarvios Com A Exploração De Petróleo Em Aljezur

"Mais recentemente, o Movimento Algarve Livre de Petróleo enviou uma carta ao secretário de Estado da Energia a solicitar que o Governo “acione o princípio da precaução” e trave o processo de prospeção e exploração de petróleo ao largo de Aljezur, na Costa Vicentina."

domingo, setembro 24, 2017

Quando Falta A Educação Do Berço, Falta Tudo

São da tal ala esquerda que me acusa da "minha linguagem não se coadunar com a minha profissão" quando faço crítica política à "esquerda" pela esquerda. Tudo gente boa e bem educada. De boas famílias. Gente de bem. A tal educação do berço. O que dirá o senhor deputado Carlos José Martins, do Bloco de Esquerda - Loulé disto? Certamente retira de imediato o apoio ao Governo PS.
 

Da Ausência De Escrutínio Público Das Eleições Autárquicas No Algarve

Algumas notas interessantes sobre as eleições autárquicas no Algarve de que ninguém fala e passam sem escrutínio público. Em primeiro lugar os Deputados da Nação que se candidatam a autarcas. Assim de uma assentada ocorre-me António Eusébio, Deputado do PS, eleito pelo Algarve e candidato à Câmara Municipal de Faro e João Vasconcelos, deputado do Bloco de Esquerda, eleito pelo Algarve e candidato à Câmara Municipal de Portimão. Não se percebe o que faz os senhores deputados a meio do seu mandato decidirem virar as costas aos eleitores que os elegeram a nível nacional e passarem de repente a quererem ser eleitos nas autarquias. Tudo se passa como se os partidos não tivessem mais ninguém para proporem como representantes nas suas terras. Um atestado de incompetência passado às gentes dos partidos e pouco democrático do ponto de vista do aumento das oportunidades de participação política dentro dos partidos. Em segundo lugar, os candidatos a contas com a justiça. Casos por exemplo de Cristóvão Norte, deputado da nação e candidato à Câmara Municipal de Faro, arguido no caso GALP, uma das empresas que quer explorar petróleo no Algarve, ao largo da Costa Vicentina, em Aljezur e do próprio Presidente da Câmara Municipal de Aljezur, candidato a esta mesma Câmara Municipal e já condenado pela justiça (recorreu de novo aos tribunais). Em qualquer destas questões o que não se percebe é o silêncio dos media da região e a sua manifesta ausência de escrutínio público assim como a já conhecida e histórica tolerância ao "rouba mas faz". Nem os deputados da Nação que concorrem às autarquias a meio do mandato, nem os candidatos a autarcas que estão a contas com a justiça, fazem muito para restabelecer a confiança dos cidadãos nos políticos. Não há sinais de mudança por muito que os políticos recorram frequentemente à palavra confiança.

Gangsters Autárquicos, No Algarve Há Alguns, De Faro A Aljezur

"É isso que tem que ser dito, à exaustão, até dia 1 de Outubro. Cada eleitor de Isaltino, como cada eleitor de qualquer outro candidato que se aproxime deste perfil, não é um simples eleitor, é alguém que faz parte da associação criminosa, alguém que, receba ou não mais-valias, é cúmplice de cada um dos crimes que já foram cometidos e, pior, estratega dos crimes que ainda estão por vir caso os líderes da quadrilha voltem a ser eleitos."
 

sábado, setembro 23, 2017

Os 15 Segundos de Fama De Vítor Aleixo Correram Mal

Vítor Aleixo em directo no telejornal da noite da RTP a servir de emplastro a António Costa. Saiu o tiro pela culatra. O jornalista começou a fazer perguntas difíceis a Costa sobre o relatório secreto de Tancos. Nem uma palavra sobre Loulé. Há dias assim. Tanto esforço propagandístico e os 15 segundos de fama correm mal. Imagino que aproveitou para pedir a António Costa o fim das portagens na Via do Infante e o cancelamento imediato da exploração de petróleo na Costa Vicentina, ao largo de Aljezur. Imagino que sim.

Da Quadratura Do Círculo

Depois dos enfermeiros, os médicos em greve. É cada vez mais evidente que é a derrocada do Estado Social a pagar o ajustamento à maneira da Geringonça. Obedecer a Bruxelas, cumprir o Tratado Orçamental e criar a ilusão de que se virou à esquerda tem os dias contados e perna curta. Pode-se enganar a todos por algum tempo; pode-se enganar alguns por todo o tempo; mas não se pode enganar a todos o tempo todo.
 

sexta-feira, setembro 22, 2017

Discriminação De Género No PS Loulé

Então é assim. Um militante do PS no concelho de Loulé, um tal de Helder Semedo, ex-líder da JS e apoiante do candidato do PS, Joaquim Pinto, à freguesia de Almancil, respondeu numa troca de palavras, no facebook, a uma senhora, que esta "como é mãe e mulher que vá lavar os tachos em vez de andar aqui no facebook, e deixe a discussão da polis para os homens". Espantado com tal atitude discriminatória em relação ao género oposto, vindo de alguém que se diz fazer parte das minorias sociais (é negro e afirmou a sua homossexualidade no espaço público) perguntei no facebook se o Bloco de Esquerda iria tomar uma atitude política e enviar o caso para a Comissão Para a Cidadania e a Igualdade de Género - CIG. Para meu espanto apareceu a resposta do deputado municipal do Bloco de Esquerda em Loulé, a denegrir a minha pessoa, a dizer que "a minha linguagem não se coadunava com a minha profissão" e a varrer para debaixo do tapete de uma assentada um caso gravíssimo de discriminação de género no Concelho de Loulé por parte de um político local do PS. Volto a insistir na pergunta porque não vale tudo em política. O que tem o Dr. Vítor Aleixo, candidato do PS à Câmara Municipal pelo Partido Socialista a dizer sobre esta questão? O que pensa o Partido Socialista em Loulé do comportamento do seu militante? O que têm as mulheres e homens do partido socialista a dizer sobre o assunto? E já agora pergunto também se o Bloco de Esquerda Loulé vai fazer de conta que o caso não existiu e se acha mais aceitável produzir ataques de carácter (sem um pingo de vergonha) a quem denuncia este tipo de comportamentos inaceitáveis para os políticos locais.

Em Resposta Ao Deputado Carlos Martins Do Bloco De Esquerda - Loulé

Resposta ao Deputado Carlos Martins do Bloco de Esquerda - Loulé que acha "que a minha linguagem não se coaduna com a minha profissão". Aqui fica:
 
 Bem, se há alguém mal educado aqui é o senhor deputado Carlos José Martins que "falou que eu andaria a "c...postas de pescada". Grande linguagem a de um senhor deputado municipal que foi eleito supostamente para representar os cidadãos. É por isso que o Bloco de Esquerda em Loulé perdeu toda a credibilidade e toda a utilidade social para as populações do concelho. Ninguém vos liga. Resta ao senhor deputado e ao seu partido o ataque de carácter aos cidadãos que fazem critíca política ao seu partido. Ora bolas, é muito pouco ou nada para quem quer andar na política. E sobre o ataque do jovem do PS aos direitos das mulheres o senhor deputado municipal do Bloco de Esquerda não tem mesmo nada a dizer? Vai continuar a fechar os olhos? É que defender os direitos das mulheres quando eles são brutalmente atacados por um ex-líder da JS é que era. E já agora quando a senhora candidata do seu partido, o Bloco de Esquerda, se limita a dizer que os ataques do jovem socialista são "conversas de M" está a ter uma linguagem própria de quem quer representar os cidadãos de Loulé?

terça-feira, setembro 19, 2017

História e Memória Da Luta Contra A Exploração de Petróleo No Algarve

"A possível exploração de petróleo na Ria Formosa, no Algarve, gera protestos desde 2011 pela defesa e conservação do oceano e das principais atividades económicas e lúdicas da região. Mas a obtenção de novas concessões de pesquisa não parou por aí estendendo-se a vários locais do Algarve e em 2012, foi criado o Movimento Algarve Livre de Petróleo-MALP e em março de 2015 a Plataforma Algarve Livre de Petróleo-PALP, uma iniciatica que congregou os principais movimentos ambientais do país. Também a oposição da população articulada com as autarquias tem ganho expressão com inúmeras campanhas e protestos por todo o país (...)"
 

segunda-feira, setembro 18, 2017

O Dr. Vítor Aleixo É Um Homem Sério E Bom E Amigo Dos Amigos

O Dr. Vítor Aleixo é um homem sério e bom. Autoriza assim umas coisas destas mas pronto. O povo também é sério e bom. E gosta da Noite Branca. O Engenheiro Telmo Pinto também gosta muito de obras e com certeza que é muito amigo do desenvolvimento.
"Começamos a semana de coração partido com a triste notícia de que "uma nova urbanização turística prepara-se para ser construída, de ambos os lados da Lagoa de Almargem (Quarteira Nascente) destruindo assim um dos últimos espaços verdes naturais junto à praia no Concelho de Loulé."
Fonte: PAN

Ainda As Mentiras Da Geringonça Sobre As Portagens Na Via Do Infante

Alguém me pode explicar porque anda agora calado o deputado do Bloco de Esquerda e líder da Comissão de Utentes da Via do Infante (CUVI), João Vasconcelos; neste periodo em que se está a negociar o Orçamento de Estado? O Bloco de Esquerda (e já agora o PCP - onde anda Paulo Sá?) estão-se mesmo a borrifar para este assunto? Havia também um tal de Vítor Aleixo mas esse só fez oposição às portagens quando lhe deu jeito eleitoralmente. 7438 acidentes em oito meses no Algarve. Bonito serviço.
 

domingo, setembro 17, 2017

Há Vacas A Voar Ao Largo De Aljezur

A hipocrisia e o cinismo são totais num Primeiro-Ministro que autorizou em Janeiro de 2017 a prospecção de petróleo na Costa Vicentina, ao largo de Aljezur. Já não se aguenta o Primeiro-Ministro da quadratura do círculo que acha que as vacas voam.
 

sábado, setembro 16, 2017

Gambelas A Arder

E depois da tragédia de Pedrógão Grande, depois de um verão inteiro a arder parte significativa do território nacional, eis que não acaba o verão sem a destruição do património natural ao pé da porta. Li ainda hoje mesmo num suporte informativo qualquer que os alemães vêm a Portugal para nos ensinarem a combater os fogos. Ainda bem que o stôr da protecção civil foi à vida. Agora só falta a senhora Ministra da Administração Interna. Um país que não sabe cuidar do seu património natural obviamente não tem futuro.
 

Indícios De Bagunça Na Abertura Do Ano Escolar

Não começou bem o ano escolar para o meu filho Pedro este ano. Para além de não ter professor de Geografia, foi agredido (novamente) no primeiro dia de escola por um aluno mais velho porque este lhe apeteceu e agora anda com o pulso torcido e o braço ligado. Vou aguardar até para a semana para que tenha os professores todos em conformidade com os impostos que pago e espero que não seja agredido mais nenhuma vez. É que sinceramente, estou farto da exposição pública que tem como causa a incompetência dos outros.

quarta-feira, setembro 13, 2017

Está Quase

Faltam pouco mais de 15 dias para deixar de ter candidatos atrás de candidatos no rio que corre no facebook a venderem banha da cobra. Uffff. Está quase. Já não se aguenta. Agora vou à deita que se faz tarde. Eu não vou votar mas se fosse votava no Tiririca. Com o Tiririca pior do que está não fica.

terça-feira, setembro 12, 2017

Exmo Senhor Deputado do Partido Ecologista "Os Verdes"

Exmo Senhor Deputado do Partido Ecologista "Os Verdes",
José Luís Ferreira
 
Tendo em conta a autorização da prospecção de petróleo em Aljezur em Janeiro de 2017 pelo governo do Dr. António Costa, governo que o partido do senhor deputado apoia e suporta, e tendo em conta que o PEV se diz contra a exploração de petróleo na costa do Algarve e do Alentejo, venho por este meio indagá-lo sobre que medidas concretas no parlamento vai o PEV levar a cabo para travar este crime político de enormes consequências ambientais e sociais, uma vez que o consórcio GALP/ENI anunciou o furo de Aljezur já para o primeiro semestre de 2018.
 
Agradeço desde já a sua atenção
 
P'lo Movimento Algarve Livre de Petróleo
 João Eduardo Martins

Uma Geringonça Austeritária e Autoritária

“Estão a marcar falta injustificada aos colegas que trabalham aqui e que estão a fazer greve. Isto não pode acontecer. Eu quero aconselhar, não só aos ministros mas aos enfermeiros diretores, que estudem o Código do Trabalho e estudem a Constituição da República antes de fazerem tropelias como essa”, afirma Emanuel Boieiro, do Sindicato dos Enfermeiros."
 

Sismos, Petróleo E O Princípio Da Precaução

O senhor Primeiro-Ministro António Costa e o seu geringonço governo não se lembrou que o Algarve é uma região de forte probabilidade sísmica, quando em Janeiro de 2017, autorizou a prospecção de petróleo na Costa Vicentina? Não quer mesmo o senhor Primeiro-Ministro cancelar o furo de Aljezur de uma vez por todas? Não tem o seu governo o dever ético de accionar o princípio da precaução?
 

sábado, setembro 09, 2017

Um Ministro Da Saúde Reaccionário Com Tiques Fascistas

Um Ministro da Saúde reaccionário (fascista diriam os radicais geringonços se fosse com o anterior governo) ao ataque sobre os profissionais de saúde. Resta saber se este comportamento inaceitável de Adalberto Campos Fernandes é legitimado pelo resto da Geringonça.
 

Ponto Da Situação Sobre A Exploração De Petróleo No Algarve

Ponto de situação sobre a prospecção e exploração de petróleo no Algarve: - Neste momento está em vigor a autorização da prospecção de petróleo ao largo de Aljezur, na Costa Vicentina, tendo a GALP/ENI anunciado a sua intenção de fazer o furo de Aljezur em 2018, daqui a uns poucos meses. Ao contrário do anunciado pelo jornal Expresso o furo de Aljezur ainda não caducou, uma vez que a GALP tem até ao fim deste ano para pedir a extensão do prazo para furar o mar do Algarve, prazo esse que só termina no final de Dezembro. O governo mantém-se em silêncio sobre aquilo que vai fazer, o que é sinal que este é um silêncio que fala. A maior parte dos grupos e ativistas parece ter baixado a pressão e a guarda, tudo se passando como se, fosse importante não levantar ondas em tempos eleitorais. O último artigo do Jornal Expresso parece que para isso contribuiu. Resta saber se podemos confiar no Governo da geringonça e se o consórcio GALP/ENI tiver o bom senso de não pedir o prorrogação do prazo para furar na costa do Alentejo e Algarve, ou pelo contrário, se atrever a pedi-lo, o governo de António Costa, apoiado pelos Verdes, Bloco de Esquerda e PCP, manda as petrolíferas às urtigas. Não se percebe porque não toma uma posição, já.

À Atenção do TrumpAntónio Costa

"Depois dos furacões Katrina, em 2005, que afetou Nova Orleães, e do furacão Sandy, em 2012, que deixou Nova Iorque inundada já quase fora da época para este tipo de tempestades (final de outubro), a relação entre o aquecimento global e consequentes alterações climáticas e este tipo de fenómenos meteorológicos voltou a estar na ordem do dia."
 

quinta-feira, setembro 07, 2017

As Portagens Na Via Do Infante, Uma Geringonça!

Agora que está em negociação o Orçamento de Estado o que faz o Bloco de Esquerda quanto às portagens da Via do Infante? Nada. O senhor deputado João Vasconcelos grita muito mas não faz absolutamente nada. E tem razão este deputado quando acusa o socialista Jorge Botelho da AMAL de inércia e de cumplicidade com o crime. Só equiparável à nulidade da acção do conjunto dos autarcas. Basicamente, ninguém defende as populações do Algarve. E é isto.
 

terça-feira, setembro 05, 2017

A Geringonça A Destruir O SNS

Mais um Ministro da Saúde que é um desastre para o SNS. A guerra aberta aos profissionais da saúde em simultâneo com uma política de subdesenvolvimento público para o sector é uma opção política de catástrofe. Mais valia apostar em reconstruir um Sistema Público de Saúde digno que dignificasse os seus profissionais. Isso é que era.
 

Dos Nossos Ninguém Ficará Para Trás

Em Loulé, nas eleições autárquicas, a escolha é entre o governo dos amigos e os amigos que querem o governo. Estes últimos quatro anos foram um ver se te avias na distribuição de cargos, posições e oferendas à clientela do PS, amigos, familiares e arredores. O slogan de companha "comigo ninguém ficará para trás" deveria ter sido completado e ficar "Dos nossos ninguém ficará para trás". O pior é que os outros do partido concorrente são feitos da mesma massa. Em Loulé, a partidocracia mata qualquer vislumbre de meritocracia.
 

A Geringonça A Humilhar Os Profissionais Da Saúde

Depois de Paulo Macedo quase ter destruído o Serviço Nacional de Saúde ao serviço da direita radical austeritária eis que os geringonços em vez de restituirem alguma dignidade mínima ao SNS decidiram pela mão do Ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, humilhar os seus profissionais. Vergonhoso.
 

domingo, setembro 03, 2017

Afinal As Vacas Não Voam

Ora afinal tem sido poucochinho. Bolas, e tanta acusação por parte dos geringonços me tem custado esta simples constatação quando sou eu que a faço. "Vendeste-te ao PSD" e outras coisas assim do género verdadeiramente repugnantes. Continuem a seguir o caminho cego de Bruxelas e a fazer a quadratura do círculo e depois queixem-se.
 

sábado, setembro 02, 2017

O Fim Da Exploração De Petróleo Ao Largo De Aljezur Está Nas Mãos Do Governo

Se não estivermos perante mais uma poderosa operação de propaganda e de tentativa de contenção dos protestos anti-petróleo no Algarve com recurso à comunicação social (foram inúmeras ao longo destes últimos anos) e vamos partir do pressuposto que não é nada disso o que agora se passa, do que se lê, percebe-se que a não renovação da autorização do furo de Aljezur só depende da decisão do governo. No final do ano (já depois das eleições autárquicas) temos a resposta. Até lá, convinha continuar a fazer perguntas ao governo, aos senhores deputados, aos senhores autarcas e a não baixar a guarda. Com esta gente não se brinca. Entretanto, pode até ser que o presidente da GALP e o seu administrador (ex-Secretário de Estado do Governo de Sócrates) já tenham sido condenados no caso GALPGATE.
 

sexta-feira, setembro 01, 2017

A Ideologia Da Realidade

Cavaco Silva foi dar uma aula na Universidade de Verão do PSD  sobre a "realidade que tira o tapete à ideologia". De facto o tema da aula não podia ser mais falacioso. Isso a que Cavaco Silva chama de "realidade" resulta sempre de uma escolha política e portanto, ideológica. E onde Cavaco Silva tem razão tem que ver com o TINA (There Is No Alternative) de onde estas esquerdas (?) nunca sairam e não vão poder sair enquanto escolherem cumprir as regras do Tratado Orçamental. E aí a crítica de Cavaco Silva é mortal. Porque acertou em cheio na ferida. Mais tarde ou mais cedo essa é uma escolha real das esquerdas que lhes vai sair muito caro.

Sobre As Manigâncias Socialistas Na Exploração De Petróleo No Algarve


Da caça ao voto eles sabem muito. Aproveitar o momento para exigir a travagem do furo petrolífero em Aljezur, na costa litoral do Algarve e do Alentejo, é que está quieto. Estavam lá todos. Falaram da exploração de petróleo ao Dr. António Costa? Elucidativo.

terça-feira, agosto 29, 2017

Exmo Senhor Deputado João Vasconcelos

Exmo Senhor Deputado do Bloco de Esquerda,
João Vasconcelos
 
Tendo em conta a autorização da prospecção de petróleo em Aljezur em Janeiro de 2017 pelo governo do Dr. António Costa, governo que o partido do senhor deputado apoia e suporta, e tendo em conta que o Bloco de Esquerda se diz contra a exploração de petróleo na costa do Algarve e do Alentejo, juntando-se inclusivamente já por várias vezes aos manifestantes nas ruas, venho por este meio indagá-lo sobre que medidas concretas no parlamento vai o Bloco de Esquerda levar a cabo para travar este crime político de enormes consequências ambientais e sociais, uma vez que o consórcio GALP/ENI anunciou o furo de Aljezur já para o segundo trimestre de 2018.
 
Agradeço desde já a sua atenção
 
P'lo Movimento Algarve Livre de Petróleo
João Eduardo Martins

A Concepção De Democracia Do Bloco de Esquerda

Perguntei à senhora deputada Catarina Martins, do Bloco de Esquerda, na sua correspondência online de deputada, o que iria fazer para travar o furo petrolífero de Aljezur e o parvo do deputado do Bloco de Esquerda aqui do Algarve não lhe ocorreu mais nada do que rir da minha pergunta nas redes sociais. Esta inigualável capacidade que eu tenho para atrair parvos na minha vida é admirável. Que triste concepção de democracia a desta gente.

PALP Organiza Debate Sobre A Exploração De Petróleo Em Faro

O Consórcio GALP/ENI anunciou o furo de Aljezur para daqui a meia dúzia de meses. Mesmo com o Presidente e o administrador da Galp (ex-secretário de Estado de José Sócrates) constituídos arguidos no caso GalpGate, a GALP não desiste da intenção de destruição da região do Algarve com a exploração de petróleo. O governo de António Costa está do lado das petrolíferas e autorizou o furo em Janeiro de 2017. Dia 1 de Setembro, em Faro, a PALP organiza mais um debate.
 

domingo, agosto 27, 2017

Exma Senhora Deputada Catarina Martins

Exma Senhora Deputada do Bloco de Esquerda,
Catarina Martins

Tendo em conta a autorização da prospecção de petróleo em Aljezur em Janeiro de 2017 pelo governo do Dr. António Costa, governo que o partido da senhora deputada apoia e suporta, e tendo em conta que o Bloco de Esquerda se diz contra a exploração de petróleo na costa do Algarve e do Alentejo, juntando-se inclusivamente já por várias vezes aos manifestantes nas ruas, venho por este meio indagá-la sobre que medidas concretas no parlamento vai o Bloco de Esquerda levar a cabo para travar este crime político de enormes consequências ambientais e sociais, uma vez que o consórcio GALP/ENI anunciou o furo de Aljezur já para o segundo trimestre de 2018.

Agradeço desde já a sua atenção

P'lo Movimento Algarve Livre de Petróleo
João Eduardo Martins

O Dom De Atrair Parvos

Nos últimos tempos descobri aquilo que parece uma constante na minha vida. Tenho o dom de atrair parvos. O último parvo que veio até mim foi este fim-de-semana, junto à festa da rentrée do PS, a quando do protesto contra a exploração de petróleo em Faro. É um desses tristes militantes que são metidos num qualquer comboio que vem carregado desde o norte do país e que volta de regresso embarcado assim que acaba o comício. Este disse-me que era um Alentejano de Beja. Não era de Évora mas sim de Beja. Perguntou-me se andava de carro (pergunta típica dos parvos que defendem a exploração de petróleo). Respondi-lhe que sim. Depois perguntou-me se comia carne ao que acenei afirmativamente com a cabeça. Depois passou ao ataque que era aquilo ao que vinha. Que eu tinha que ser coerente e tinha que haver moral porque comer carne era pior do que explorar petróleo. Deixei-o a falar sozinho e fui chamar a polícia para a avisar que havia ali provocadores. É que com um Alentejano de Beja ninguém se mete. Quem se mete com um Alentejano de Beja, leva.

Cidadania Atrás Das Grades

Protesto contra a exploração de petróleo na festa da rentrée do PS. Tudo muito bem programado. Os manifestantes postos atrás das grades bem abaixo do local do protesto. Uns carros estacionados ilegalmente em cima do passeio entre os manifestantes e o local da festa. A policia a seguir zelosamente os meus passos e a impedir-me de colocar os cartazes com as mensagens anti-petróleo e anti-geringonça onde o maior número de pessoas as pudessem ver. Os media a fazerem de conta que ninguém protestava e a fazerem o jogo do poder que está. Dos movimentos anti-petróleo o Tavira em Transição nem vê-lo. A PALP com mais que fazer do que incomodar o Dr. António Costa. A ASMAA nem vê-la. Sobra o grupo STOP Petróleo Vila do Bispo que é quem não olha a cores partidárias nesta luta. Há silêncios e inacções que se pagam caro. Tivessem ouvido hoje o Senhor Primeiro-Ministro António Costa e a sua fé na economia do mar e talvez ficassem preocupados com o que está para acontecer. Em frente, que a luta faz-se sempre com quem está. Em breve haverá notícias de mais protestos. Este crime político não ficará impune. PS: Esqueci-me, o João Camargo do Bloco de Esquerda também não o vi por lá. Aliás, ultimamente não se dá por ele. Também havia uma coisa chamada Futuro Limpo mas parece que era só contra o petróleo mau do PSD. Com o petróleo bom da Geringonça é óbvio que se justifica a sua extinção. O futuro com o governo da geringonça é naturalmente limpo.

A Endogamia Sempre Foi Inimiga Da Competência

Que o senhor Presidente da Câmara, o Dr. Vítor Aleixo, gaste rios de dinheiro na Noite Branca para dar circo ao povo em véspera de eleições, eu até já dou de barato, pois já nem voto. Agora chegar a casa e ter a água canalizada cortada sem aviso prévio é que já é abuso de poder e não há direito. É o que dá o Senhor Presidente pôr o seu familiar a gerir a vida dos cidadãos da cidade. A endogamia nunca foi amiga da competência. E agora como é que eu vou tomar banho e cuidar da alimentação dos meus filhos senhor Presidente da Câmara Municipal de Loulé? O corte da água na sua rua é para durar? Pergunte lá ao seu familiar que manda nas águas do concelho.

sexta-feira, agosto 25, 2017

Novidades Da Luta Anti-Petróleo No Algarve

Novidades da luta anti-petróleo. Os geringonços já não se limitam a controlar alguns dos seus jornais locais e regionais. Agora passaram à fase do ataque nas redes sociais aos editores de jornais locais que se atrevem a divulgar a causa dos movimentos por um Algarve Livre de Petróleo nos seus meios de comunicação. Isto está cada vez mais parecido com a Venezuela de Nicolás Maduro. A imprensa livre e independente que se cuide. Esta gente não olha a meios para atingir os fins.

Manigâncias E Enganos De Ocasião

“Agora que o consórcio Galp/ENI confirmou a sua intenção de esburacar a costa litoral do Algarve, daqui a uns poucos meses, em 2018, pondo em risco a sustentabilidade ecológica da Costa Vicentina, é tempo de a população do Algarve elevar o grito de revolta e dizer bem alto ao Governo da ‘geringonça’ e seus apoiantes que basta de manigâncias, de faz de conta, e de enganos de ocasião, que apenas servem para iludir as populações e não travaram ainda o furo de Aljezur”, acentua João Eduardo Martins, do Movimento Algarve Livre de Petróleo (MALP)"
 

Insuportabilidades

Há duas coisas mais ou menos insuportáveis por estes dias nas redes sociais. Uma delas, é o fundamentalismo dos animalistas que inverte por completo a hierarquia valorativa do reino dos seres vivos (e não, não falo dos defensores dos direitos dos animais). A outra, é essa espécie de seres humanos que nos desrespeita (quando não nos humilha e maltrata) durante um ano inteiro e que agora temos que suportar nas redes sociais porque querem chegar a reis da freguesia e das câmaras municipais. Nem uma coisa nem outra já se aguenta. Pior que isto só o regresso dos programas dos comentadores de bola a certos dias da semana. Haja alguma paciência em nome de uma suposta ideia de democracia que de facto hoje até tenho algumas dúvidas de que exista.

quinta-feira, agosto 24, 2017

Não Há Dinheiro, O Que É Que Ainda Não Perceberam?

Dia de cuidar da saúde do pequenote. Entrada nas urgências de pediatria do Hospital de Faro às 16h. Atendimento às 19h. Três horas de espera nas urgências com um puto de 8 anos doente. Aguenta a geringonça que é distintivo. Reclamação feita e ainda tempo para assistir a um magistral episódio na sala de espera. Uma criança deitada num banco vomita. A mãe acode o miúdo e limpa a cadeira como pode com um guardanapo de papel. Vou falar com o segurança que me diz já ter avisado lá dentro. Cinco minutos depois sem aparecer ninguém para a limpeza e desinfeção vou falar ao guichet de atendimento. A senhora que lá está a trabalhar informa-me delicadamente que logo que tiver "alguém disponível" a limpeza far-se-á. Até à hora de me vir embora parece que ainda não havia "ninguém disponível". O princípio da gestão dos serviços de pediatria no tempo da geringonça parece ser o de que o que os olhos não vêem o coração não sente. Por sorte quando me vim embora a cadeira do vómito ainda estava vazia. Uma geringonça. Não há dinheiro, o que é que ainda não perceberam?

terça-feira, agosto 22, 2017

Populistas São Os Outros

O Bloco de Esquerda Algarve bateu no fundo. A demagogia e o populismo estão ao rubro. Cuidado com este artista. Uma parte do seu vencimento e do Presidente da Câmara para combater a pobreza e a exclusão. Esta é a proposta deste geringonço. Perdeu a vergonha.
 
É este o texto do candidato João Vasconcelos, líder do Bloco Algarve e candidato à
Câmara de Portimão:
 
"Medida imediata a implementar em Portimão com a vitória da candidatura do povo "Portimão em Boas Mãos!" (Bloco de Esquerda) nas eleições autárquicas de 1 de outubro:
Canalizar uma parte dos vencimentos do Presidente de Câmara e dos Vereadores do Bloco para ajudar a combater a pobreza e a exclusão social no concelho.
Esta proposta também funciona como um repto a todas as outras candidaturas em Portimão. Vamos ver quem tem a coragem de também assumir esta proposta. Mas atenção: quem promete terá de cumprir, nada de políticos mentirosos.
O Bloco cumpre o que promete!"

quinta-feira, agosto 17, 2017

Protesto Contra A Exploração De Petróleo Na Festa De Rentrée Do PS

"Na sequência da autorização da prospecção de petróleo ao largo de Aljezur, em Janeiro de 2017, na costa litoral do Algarve e do Alentejo, pelo governo da Geringonça (PS suportado por BE, PCP e Verdes) e liderado pelo senhor Primeiro-Ministro, Dr. António Costa, o Movimento Algarve Livre de Petróleo (MALP) vai aproveitar a presença do Senhor Primeiro-Ministro, em Faro, no dia 26 de Agosto, Sábado, pelas 18h30mn, para levar a cabo mais um protesto contra a exploração de petróleo no Algarve."
 

Quantas Pessoas São Precisas Para Que Um Acontecimento Tenha Relevância Jornalística?

A blogosfera a servir de substituto funcional para aquilo que deveria ser um trabalho imperativo das televisões portuguesas. Divulgar os protestos contra a exploração de petróleo a partir da praia de Odeceixe. As televisões avisadas do acontecimento, faltaram. Parece que os senhores jornalistas perderam a noção do que é fazer serviço público. Estaremos perante um brutal controlo da informação por parte do Governo e das petrolíferas?
 

segunda-feira, agosto 14, 2017

Comunicado De Imprensa - Movimento Algarve Livre De Petróleo

Comunicado de Imprensa - Movimento Algarve Livre de Petróleo

Assunto: Protesto contra a exploração de petróleo no Algarve, 26 de Agosto, em Faro
 
Na sequência da autorização da prospecção de petróleo ao largo de Aljezur, em Janeiro de 2017, na costa litoral do Algarve e do Alentejo, pelo governo da Geringonça (PS suportado por BE, PCP e Verdes) e liderado pelo senhor Primeiro-Ministro, Dr. António Costa, o Movimento Algarve Livre de Petróleo (MALP) vai aproveitar a presença do Senhor Primeiro-Ministro, em Faro, no dia 26 de Agosto, Sábado, pelas 18h30mn, para levar a cabo mais um protesto contra a exploração de petróleo no Algarve.
Agora que o consórcio GALP/ENI confirmou a sua intenção de esburacar a costa litoral do Algarve, daqui a uns poucos meses, em 2018, pondo em risco a sustentabilidade ecológica da Costa Vicentina, é tempo da população do Algarve elevar o grito de revolta e dizer bem alto ao Governo da Geringonça e seus apoiantes que basta de manigâncias, de faz de conta, e de enganos de ocasião, que apenas servem para iludir as populações e não travaram ainda o furo de Aljezur.
É hoje muito claro que boa parte da população do Algarve não quer a exploração de petróleo no seu território. Não quer o furo de Aljezur. O Movimento Algarve Livre de Petróleo apela mais uma vez a todos os que têm lutado afincadamente contra a intenção de destruição do território do Algarve pela indústria petrolífera, que se juntem neste dia, junto do Dr. Costa, para que este escute as populações que aqui habitam de uma vez por todas.
O MALP pretende oferecer neste dia o livro de prestígio do Município de Aljezur, ao Senhor Primeiro-Ministro, livro este que foi oferecido a este grupo pelo Presidente da Câmara de Aljezur, Dr. José Amarelinho, no último protesto realizado já este verão nesta mesma localidade. Esta oferta simbólica pretende alertar para o potencial de destruição do património natural da Costa Vicentina, pela indústria petrolífera, a que o Dr. António Costa e o Governo da Geringonça ficarão historicamente associados. O MALP apela à participação de todos, dia 26 de Agosto, às 18h30mn, no Largo da Pontinha, em Faro.
Movimento Algarve Livre de Petróleo

domingo, agosto 13, 2017

Protesto Em Faro Contra A Exploração De Petróleo, Acorda Costa!

Na sequência da autorização da prospecção de petróleo ao largo de Aljezur, em Janeiro de 2017, na costa litoral do Algarve e do Alentejo, pelo governo da Geringonça (PS suportado por BE, PCP e Verdes) e liderado pelo senhor Primeiro-Ministro, Dr. António Costa, o Movimento Algarve Livre de Petróleo (MALP) vai aproveitar a presença do Senhor Primeiro-Ministro, em Faro, no dia 26 de Agosto, Sábado, pelas 18h30mn, para levar a cabo mais um protesto contra a exploração de petróleo no Algarve. Agora que o consórcio GALP/ENI confirmou a sua intenção de escavacar a costa litoral do Algarve, daqui a uns poucos meses, em 2018, pondo em risco a sustentabilidade ecológica da Costa Vicentina, é tempo da população do Algarve elevar o grito de revolta e dizer bem alto ao Governo da Geringonça e seus apoiantes que basta de manigâncias, de faz de conta, e de enganos de ocasião, que apenas servem para iludir as populações e não travaram ainda o furo de Aljezur. É hoje muito claro que boa parte da população do Algarve não quer a exploração de petróleo no seu território. Não quer o furo de Aljezur. O Movimento Algarve Livre de Petróleo apela mais uma vez a todos os que têm lutado afincadamente contra a intenção de destruição do território do Algarve pela indústria petrolífera, que se juntem neste dia, junto do Dr. Costa, para que este escute as populações que aqui habitam de uma vez por todas. O MALP pretende oferecer neste dia o livro de prestígio do Município de Aljezur, ao Senhor Primeiro-Ministro, livro este que foi oferecido a este grupo pelo Presidente da Câmara de Aljezur, Dr. José Amarelinho, no último protesto realizado já este verão nesta mesma localidade. Esta oferta simbólica pretende alertar para o potencial de destruição do património natural da Costa Vicentina, pela indústria petrolífera, a que o Dr. António Costa e o Governo da Geringonça ficarão historicamente associados. O MALP apela à participação de todos, dia 26 de Agosto, às 18h30mn, no Largo da Pontinha, em Faro!
 

quinta-feira, agosto 10, 2017

João Vasconcelos, O Deputado Aldrabão

O deputado João Vasconcelos do Bloco de Esquerda é um grande aldrabão e acha que vale tudo na política, julgando que os fins justificam todos os meios. Acaba de me acusar de mentiroso porque escrevi que o Bloco de Esquerda apoia e suporta o governo que autorizou a prospecção de petróleo ao largo de Aljezur, em Janeiro de 2017 (alguém que me desminta). O senhor deputado do Bloco de Esquerda está plenamente convencido de que uma mentira repetida vezes sem conta é equivalente à verdade. Mais um bom aldrabão politiqueiro que confunde o fazer política com as arruaças em que se especializou. Um belo exemplar para a dignificação e para a nobreza da política.

quarta-feira, agosto 09, 2017

A Hipócrisia Política Do Bloco de Esquerda Sobre A Prospeção de Petróleo No Algarve

O que Marisa Matias não disse, é que o Bloco de Esquerda apoia e suporta o Governo que autorizou a prospecção de petróleo em Aljezur, em Janeiro de 2017. A hipocrisia política desta gente é total.
 

terça-feira, agosto 08, 2017

Sobre A Grande Traição De Tsipras E A Morte Das Esquerdas Na Europa

"É cada vez mais complicado encontrar alguém que faça um balanço positivo dos dois anos de governação do Syriza, seja à esquerda ou à direita. No que concerne “ao objetivo de colocar um fim à austeridade”, o governo do Syriza “falhou espetacularmente”, declara Tsatsanis. Zarotiadis acrescenta que, em consequência do falhanço do Syriza, “se assiste à continuação do aprofundamento da doutrina neoliberal aplicada no país nos últimos anos”."
 

segunda-feira, agosto 07, 2017

A Pós-Verdade Na Imprensa Regional

Depois de Vítor Aleixo ter escrito no seu facebook que os presidentes de Câmara agora "decidem" sobre a prospecção e exploração de petróleo, é a vez de um jornal regional reproduzir a falsidade destacando a ideia que Vítor Aleixo promete vetar a exploração de petróleo no Concelho de Loulé. Ora, Vítor Aleixo, não pode "vetar" coisa nenhuma pois a alteração à legislação promulgada por Marcelo Rebelo de Sousa apenas atribui um poder consultivo aos Municípios e Presidentes de Câmara e não lhe atribui poder decisório. Eu sei que estamos em período de eleições mas querem mesmo alguns dos jornais locais também contribuir para a pós-verdade?
 

Exploração De Petróleo No Algarve, Reposta A Verdade Dos Factos

O que disse Vítor Aleixo no seu facebook é uma coisa. O que diz a candidatura de Vítor Aleixo (em clara reacção à crítica do MALP) é outra coisa já diferente. Nesta questão da exploração do petróleo confundir em vez de clarificar, tal como fez Vítor Aleixo no seu facebook, pode render muitos votos, mas não ajuda nada na luta contra a destruição do Algarve pelo governo de António Costa e pelas petrolíferas.
 

Portugal Não Era A Grécia E A Geringonça Não É O Syriza

Os "esquerdistas" encartados (com especial destaque para BE e PCP) não precisam de se preocupar. Tal como Portugal não era a Grécia, a Geringonça não é o Syriza. De certeza absoluta. A ler, o artigo de Ana Sá Lopes.
 

domingo, agosto 06, 2017

Comunicado de Imprensa - Movimento Algarve Livre de Petróleo

Comunicado de Imprensa – Movimento Algarve Livre de Petróleo
Data: 05/08/2017

Assunto: Vítor Aleixo falta à verdade aos Munícipes sobre a exploração de petróleo no Algarve
 
O Movimento Algarve Livre de Petróleo (MALP) vem por este meio denunciar publicamente, em nome da verdade dos factos, que o autarca Vítor Aleixo, Presidente da Câmara Municipal de Loulé, faltou à verdade aos munícipes, sobre a exploração de petróleo no Algarve. Ao afirmar no seu facebook que, e passamos a citar “E como a partir de agora os presidentes de câmara são quem decide fica desde já declarado que comigo Nunca Haverá Exploração de Petróleo na área de jurisdição do Município de Loulé”, o autarca mente descaradamente uma vez que as alterações aprovadas pelo senhor Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, ao decreto lei nº 109/94, de 26 de Abril, apenas garantem a obrigatoriedade da consulta prévia aos Municípios sobre a pesquisa e exploração de petróleo e em nenhum momento se garante a vinculação dos resultados da consulta aos autarcas e municípios ao processo decisório que continua a ser da responsabilidade do Estado Central e do governo. Em nome do esclarecimento público e da transparência democrática, o Movimento Algarve Livre de Petróleo (MALP) vem apelar ao responsável máximo da AMAL (Comunidade Intermunicipal do Algarve), Dr. Jorge Botelho, que esclareça a população do Algarve se a consulta aos Municípios é vinculativa no processo de decisão sobre a prospecção e exploração de petróleo ou se afinal se trata de um mero processo consultivo tal como o MALP o interpreta. Numa questão com a importância desta para a região é do interesse público que não se deixe instaurar a pós-verdade, as ambiguidades políticas intencionais e a mentira pública aceite sem discussão.

Movimento Algarve Livre de Petróleo

sábado, agosto 05, 2017

Vítor Aleixo Mente Aos Munícipes Sobre A Exploração De Petróleo No Algarve

Acabo de ler uma redonda mentira de Vítor Aleixo (no seu facebook) aos munícipes louletanos que sem pudor e vergonha anuncia publicamente a falsidade de que a partir de agora os Presidentes de Câmara decidem sobre a exploração de petróleo. Ora a nova legislação sobre a exploração de petróleo o que diz é que os Presidentes de Câmara são obrigatoriamente consultados e que o resultado dessa consulta é agregado ao processo para posterior decisão governamental. São estes mesmos artistas alguns dos principais criticos de Trump e da pós-verdade. A falta de vergonha é, hoje, rainha da política.
 

quinta-feira, agosto 03, 2017

Sobre O GALPGATE E A Exploração De Petróleo Em Aljezur

É preciso esclarecer tudo. E esclarecer tudo é saber que tipo de relação existe (ou não) entre as viagens pagas pela GALP a governantes, autarcas e deputados e a autorização da propeção de petróleo em Aljezur em Janeiro de 2017. Recordamos que as viagens foram pagas antes da autorização do furo de Aljezur. Não sabemos se estamos perante um caso de corrupção mas o conflito de interesses entre o Governo de Costa e a Galp, é muito óbvio. Esperemos que o Ministério Público investigue e que os jornalistas façam o necessário escrutínio.
 

segunda-feira, julho 31, 2017

Furo de Aljezur Vai Avançar Em 2018, Os Geringonços Perderam A Vergonha

O furo que o Governo da Geringonça autorizou em Janeiro de 2017 ao largo de Aljezur, vai mesmo avançar, já daqui a uns meses. Um governo de canalhas que se vendeu à GALP e vai destruir as regiões do Algarve e do Alentejo. É altura de fazer a luta toda contra estes geringonços sem vergonha.
 

quinta-feira, julho 27, 2017

MALP Escreve Carta Aberta Ao Primeiro-Ministro António Costa

Carta aberta ao Senhor Primeiro-Ministro António Costa
Vila do Bispo, 28 de Julho de 2017
Assunto: Exploração de petróleo no Algarve

Exmo Senhor Primeiro Ministro, Dr. António Costa,

Como sabe, o Algarve foi eleito, em 2016, pela World Travel Awards, o melhor destino de praia da Europa. A nossa região continua a deter algumas das melhores praias do mundo e uma riqueza natural que atrai milhões de turistas e visitantes de todo o planeta. Sabemos que o senhor Primeiro-Ministro e o seu Governo ratificaram o Acordo de Paris onde chefes de Estado de todo o mundo se comprometeram em tomar medidas para combater as alterações climáticas. Ora é precisamente por estas razões que não compreendemos como se atreveu o senhor Primeiro-Ministro a autorizar, em Janeiro deste ano, a prospeção de petróleo no mar de Aljezur, ao largo da costa do Algarve e do Alentejo. Entendemos que só por ignorância, estupidez ou má-fé, alguém se atreveria em autorizar a prospeção de petróleo numa região com as características paradisíacas do Algarve. É por temos a certeza que o senhor Primeiro-Ministro não é ignorante, não se move por laivos de estupidez, nem sequer estará de má-fé a cometer um crime hediondo de destruição da sustentabilidade da região do Algarve, é que vimos por este meio apelar para que o seu governo repense a autorização da prospeção e exploração de petróleo em Aljezur e impugne de imediato esta decisão, revogando-a. Agora que sabemos que alguns ex-membros do seu governo, na pessoa de alguns ex-Secretários de Estado, receberam indevidamente da Galp, viagens pagas para ir ver jogos de futebol do Euro, consideramos que a concessão atribuída à ENI/GALP, após estas oferendas, está ferida de ilegitimidade e faz lançar suspeitas sobre esta aprovação do Estado às petrolíferas. Dr. António Costa, deixamos o nosso lancinante apelo para que trave o furo de Aljezur, pois estamos convencidos que a entrada das petrolíferas no mar do Algarve significa o fim da sustentabilidade ambiental da região. O senhor Primeiro-Ministro não pode permitir que o GALPGATE manche todo o seu governo, no presente e no futuro. Recordamos-lhe o que tão bem sabiam os romanos, à mulher de César não basta sê-lo, é preciso que o pareça.

Movimento Algarve Livre de Petróleo (MALP)

quarta-feira, julho 26, 2017

Cheira A Bafio

Depois da dúvida sobre o número de mortos, a dúvida sobre o que se passa realmente no terreno quanto aos incêndios. Um governo bafiento que instaura a lei da rolha e que faz política da falta de transparência democrática, no tempo da sociedade em rede, e em que está toda a gente rapidamente ligada, está condenado a durar pouco tempo. Cheira a bafio por todos os lados. Tresanda.
 

terça-feira, julho 25, 2017

Em Loulé, Já Há Fumo Sem Fogo

Loulé está desde hoje de manhã cercado de fumo tóxico por todos os lados. Nos cafés e pastelarias da cidade já circula a boataria tradicional, é o fumo do incêndio da Sertã. A Geringonça criou uma nova realidade. Afinal, já é possível haver fumo sem fogo. E nem é preciso Lei da Rolha.

Portugal Amordaçado

"Costa criou uma mordaça em relação às informações sobre Pedrógão Grande. Faz lembrar a reação do Estado Novo às cheias de 1967."

https://ionline.sapo.pt/573654?source=social

A Caixa Geral De Depósitos E Os Ladrões Da Geringonça

A primeira coisa que vou fazer quando vier de férias é informar o sindicato que vou deixar de pagar as cotas. Ninguém precisa de sindicatos que permitem um roubo destes aos trabalhadores e a seguir vou fechar todas as minhas contas na Caixa Geral de Depósitos. Os geringonços que vão roubar para a estrada. Ladrões.
 

segunda-feira, julho 24, 2017

Assalto ao Trabalho, Geringonços Ladrões

Se este ladrões da Geringonça vão pensar que vou permitir que o meu salário seja confiscado mensalmente pela Caixa Geral de Depósitos estão redondamente enganados. Isto não vai lá sem uma brutal resistência. Depois do grande assalto dos PàFistas chegaram ao poder novos ladrões mais sofisticados. Agora com técnicas de roubo de algibeira. Está na hora de pôr estes geringonços mentirosos e ladrões no olho da RUA!

sábado, julho 22, 2017

O País Em Que As Vacas Voam

O Estado colapsou em Pedrógrão Grande. O sistema de saúde público está de rastos. Os orçamentos para a educação, a ciência e a cultura estão à mingua. O investimento público nos mínimos dos mínimos. Começa-se a sentir a atitude persecutória do fiéis da geringonça a quem discorda das suas políticas, mas nem tudo está mal neste país. Catarina está feliz. Nem o cumprimento do Tratado Orçamental, nem o "défice mais baixo da História da democracia", nem a gigantesca dívida que a geringonça silenciou, nem a obediência a Bruxelas (o senhor Schäuble elogia o rumo de Portugal) incomodam agora esta rapaziada do Bloco de Esquerda. Quando cairem, vão cair com estrondo. Depois queixem-se ao Totta e ao Costa.
 

quinta-feira, julho 20, 2017

Uma Fina Distinção, Deputados Com Termo de Identidade E Residência

Os senhores ex-Secretários de Estado regressaram ao Parlamento, agora no lugar de deputados e com a fina distinção de deputados com termo de identidade e residência. A Assembleia da República é agora o refúgio de potenciais criminosos.
 

quarta-feira, julho 19, 2017

Petróleo No Algarve, A Luta Continua, Geringonça Para A Rua

Protesto dia 28 de Julho, contra a exploração de petróleo no Algarve. O governo do Dr. António Costa autorizou a prospeção de petróleo em Aljezur, em Janeiro de 2017, ao consórcio ENI/GALP. Não sabemos se as viagens pagas pela GALP aos senhores membros do Governo, deputados e autarcas levou a que esta autorização tivesse acontecido. O que sabemos é que ela nunca deveria ter sido aprovada. Não pararemos os protestos até esta autorização ser cancelada ou em alternativa, até o governo da geringonça, ir para o olho da rua!